Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

domingo, 13 de março de 2016

Das sereias e outros absurdos que o brasileiro acredita.

Das sereias e outros absurdos que o brasileiro acredita.
Yasmim Brunet acredita em sereia, Xuxa em duendes, alguns acreditam que aparelho de ginástica passiva emagrece, alguns gastam horrores em chás que emagrecem mais ao bolso do que o corpo, (até porque existem similares em qualquer farmácia).
Tem gente que acredita que filho salva casamento, que mulher deve ganhar menos, porque engravida, tem povo crente que o ex vai mudar e "voltará" um novo homem, outros acreditam que relacionamento abusivo e cheio de ciúme é indício de amor, alguns bestas chamam feminicídio de crime passional, alguns idiotas narcisistas acham que sendo antipáticos e humilhando aos outros vão mostrar quão talentosos são (e tem gente que irá adorar ao arrogante cultural!).
Tem tio metido a paladino na honestidade que corrompe guarda de trânsito, sonega impostos, compra DVD pirata, trai a esposa, mente para as mulheres com quem deseja transar que é solteiro, gente boa, leal, rico e bem intencionado.
Tem filho de coxinha, os “coxinhotes”, que colam nas provas e se acham honestos, tem gente que acha que desejar o combate à qualquer espécie de corrupção é ser petista fanático, tem quem jure que o Sergio Moro e a Globo são imparciais, tem quem ache que o roubo de merenda escolar não foi roubo, mas abdução de alimentos por extraterrestres famintos (tadinhos!).
Tem quem ache a bíblia sagrada, mas só obedece o que lhe convém (do pouco que entende!), tem quem acredite que meia dúzia de orações redimem atrocidades, tem quem jure que Deus está super interessado no sexo dos gays, tem quem ache que um fascista corrupto e hipócrita é a salvação do País.
Existem outros que se tornam neonazistas para "limpar" a humanidade dessa raça “abjeta” que são os negros, os homossexuais, os drogados, os alcoólatras, os pobres, as putas pobres, os esmoleiros vão à igreja orar aos domingos, aliás, tem quem reze o dia inteiro, mas vira a cara para o menino de rua negro, outros separam o mundo em petistas e tucanos e só relevam a corrupção dos segundos, mas adoram dizer que são "anti-corrupção", demonstrando que, do alto de sua elegante casa, não sabem o significado da palavra corrupção! Enfim, gente, acreditar em sereias é, do ridículo, o menor!
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 13 de março de 2015. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário