Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Sobre a vida inteligente em outros planetas, Fabíola e o estranho ano de 2015.


Sobre a vida inteligente em outros planetas, Fabíola e o estranho ano de 2015.

O ser humano se pergunta se existe “vida inteligente” em outros planetas. Eu acredito que sim e a prova cabal de que os seus habitantes são realmente inteligentes é que eles nunca nos contataram. Para que, afinal, eles iriam querer contato com o nosso planeta?
Só em 2015 teve “cristofobia”, “heterofobia”, neo-fascismo, racismo, intolerância, bolsovômito, digo, "bolsomito", manteve-se a falácia da "guerra ao tráfico", teve gente com nojinho de ver mãe amamentando, (afinal seios só podem ser mostrados em revistas para satisfazer os desejos libidinosos dos machistas), teve mãe machista dizendo pro filho que "homem não chora" e que é dever da mulher cuidar dos filhos e da casa.
Teve mulher defendendo o machismo e macho dizendo que o feminismo cerceia seus direitos (só se for o de cagar regra na vida das mulheres e onde ser imbecil), teve gente colocando a culpa pelo estupro no short da estuprada, teve os "chuta que é macumba" cristãos anti umbanda e candomblé que vão pular 7 ondas de Yemanjá no réveillon (vá entender esse povo!).
Teve muita gente "anti" qualquer coisa, que na verdade é "pró estupidez", teve gente que não conhece a história do cristianismo e demais religiões achando que só os muçulmanos podem ser extremistas, teve gente achando que o bolsa família é culpado pela crise (como se cesta básica e etc. fossem invenções petistas), isso sem contar que o povo que é contra ganhou estudo, mesada, carro e até apartamento do papai, teve gente achando que com impeachment quem assume é o exemplo de honestidade chamado Aécio Neves.
Teve gente politizada achando que o PT inventou a corrupção, teve pobre de direita, teve reacionário achando que é sábio, teve filhinho de papai ofendendo o Chico Buarque por causa de suas opiniões politicas, teve extremismo de direita e de esquerda, teve sabotagem da racionalidade e outras barbaridades! Então, pra que alguém ia querer vir pra este planeta?
Pra que viriam para a terra e, sobretudo, para o nosso país que possui mais presos preventivos do que condenados? Em que quase todos os anos são aumentados o numero de leis sem que as anteriores tenham mostrado resultado pratico positivo?
Aqui, onde os extraterrestes não foram burros de “desembarcar”, existe um povo maluco que defende político corrupto só porque é oposição ao partido que está no poder, gente que fala "agente pode se conhecer", gente que não diferencia "mas" de mais e nem soar de suar, homem achando que todas as mulheres são interesseiras e mulheres achando que "nenhum homem presta", mulherada parindo pra segurar casamento e pensão alimentícia, alienação parental, homem contra o aborto, mas que não registrou algum filho, etc., etc.! Terra? Se forem inteligentes continuarão longe!
Aliás e aproveitando a recente polemica da mulher que traiu o marido com um amigo dele (igualmente casado) e foi parar em redes sociais, pense: se os extraterrestres vierem, eles irão ouvir uma apologia ao machismo fantasiada de proteção da “moral e bons costumes” de todas as formas, inclusive em letras musicais. Lembra-se da musica “Que pescar que nada”? Aquela que o cara vai pra esbornia com os amigos sob o pretexto de que ia pescar, mas lá teria “sete pra cada homem”? Então, aquilo é apologia a traição masculina parça!
A tal Fabíola foi "fazer as unhas", macharedo caiu matando. Ninguém falou da covardia do corno que agrediu a mulher e não o amante roliço, e nem da covardia do fofinho que nem pra defender a amante prestou. Ninguém foi, sequer atrás da esposa do gordinho pra ver se ela estava bem e o que pensava daquilo, afinal, a sociedade só julga as mulheres, o raciocínio deve ser: “Ela não estava sendo uma boa esposa”. Ah, sobre isso, tem até pastor dizendo que o homem pode fazer sexo contra o consentimento da esposa (filho, isso é estupro conjugal, só pra constar! Não há sexo sem consentimento!).
Interessante observar que para os machistas infiéis ou defensores da traição masculina, existem inúmeras letras lhes "homenageando"! Tem essa do marido sacana que usa pescaria como desculpa pra trair, tem a dos 5 minutinhos de solteiro quando a mulher vai ao banheiro, tem a do "imagina na copa", fora todas aquelas que relacionam a figura feminina a atração por carros, dinheiro e poder, bem como o excesso de termos toscos (esperar o que de uma parte do gênero sertanejo que é universitário há mais de uma década e nunca se gradua!?).
Enfim, trair é abjeto, sendo o homem o infiel ou a mulher, mas tão abjeto quanto, é tratar a infidelidade feminina com tamanha severidade e asco e achar a masculina "normal", porque "homem é homem". Homem é um ser racional assim como a mulher, portanto, ainda que os hormônios pendam para a infidelidade, há de haver racionalidade para lhe "segurar".
Se avaliarmos bem, veremos que o machismo faz do sexo masculino um animal irracional, instintivo e otário. E há quem ache isso interessante e há quem queira encontrar vida inteligente em outros planetas sem se tocar que mais ignorante que a ração humana não existe e os exemplos disso, para uma pessoa que reflete e questiona, sã diários, infelizmente. Ah, licença, eu vou fazer as unhas!

Cláudia de Marchi
Sorriso/MT, 20 de dezembro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário