Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

As mulheres e a reprodução do machismo.

As mulheres e a reprodução do machismo.
Mulheres, parem de propagar o machismo! Simplesmente parem de ser ridículas desmoralizando as outras para se enaltecerem! Parem com esse lance de chamar a outra de piranha, vagabunda ou piriguete, por causa da roupa que ela veste ou pela conduta sexual que ela tem. Ou você acha que ela tem, afinal você não é a cama da dita cuja.
É você que está usando o short curto? É você que está a vácuo num vestido? É você que está na balada toda semana? É você que está transando a torto e a direito por aí? Não é, certo? Então, viva e deixe viver! Falar mal da conduta de outra para o namorado, amigo ou marido não lhe faz mais "decente", pelo contrário, demonstra insegurança e recalque! É triste, é feio, é besta!
Enfim, pra ambos os "problemas" (insegurança ou recalque) existem soluções: faça terapia, leia livros de auto ajuda, reforce sua autoestima, transe mais, seja humorada e seu companheiro não irá lhe trair! E se ele olhar pra roupa da outra? É daí!? Você também vai olhar, independente da mulher ter um corpo feio ou bonito! Se for bonita, vai olhar por ter achado bonita. Se for feia, para o seu gosto, vai olhar por ter lhe achado feia. Grande coisa!
Garanta-se intelectual, amorosa e, sobretudo sexualmente que nada afetará a sua relação. Agora, se for por recalque e não por mera insegurança, então, no fundo, você queria ser igual, fazer o mesmo e se vestir da mesma forma, mas não tem sequer coragem pra isso! Por medo de ser criticada por outras linguarudas mal amadas por si mesmas como você? Ora!
Busque coragem, faça plástica, malhe, mude o conteúdo do guarda-roupas e be happy! Faça o que você quiser, mas pare de criticar o proceder das outras. Você já viu seu parceiro ou amigo falar mal da moral de outro só por causa da roupa? Ou porque ele bebe demais e faz muita festa? Ou porque ele vive malhando? Aposto que não!
Da moralidade, aposto que não! E é isso que os homens às vezes ensinam a mulherada: a ser menos machistas! Porque sim, as mulheres reproduzem o machismo sem necessidade alguma. Cuide, literalmente do seu rabo, seja feliz com ele! Cuide da sua moral, não da alheia. Cuide das suas vestes, deixe a outra se vestir como quiser sem ser julgada moralmente por isso.
Notou que eu repito a palavra "moral" e "moralmente"? É porque você não critica o gosto ou senso estético da outra, você ataca a moral ao taxa-la de vagabunda, piriguete, puta e etc.. Cuide da sua conduta sexual, não transe com qualquer um, mas deixe a outra transar com quantos ela quiser, afinal ela não vai pegar a sua vagina emprestada pra isso né?! Então, cale a boca e vá se tratar, se cuidar, se amar!
E, quando você estiver com o seu namorado e aparecer alguma moça com roupa, ao seu gosto vulgar, ao invés de abrir a boca pra criticar a moral da desconhecida, beije-o calorosamente, passe os pés na perna dele, seduza, porque não será criticando as outras que você vai segurar o macho ao seu lado! (E sim, eu já fui como você! Todo mundo tem o direito de ser idiota quando se é jovem, imatura e insegura, mas pronto, supere essa fase, não seja uma eterna imbecil!).


Cláudia de Marchi
Sorriso/MT, 1º de fevereiro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário