Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Poste e deixe postar!


Poste e deixe postar!

Eu vejo postagens "digite seu amém" para ajudar o menino com câncer, vejo postagens "curte e compartilhe ou só olhe" para demostrar fé ou crença em alguém, eu vejo postagens que atribuem valor pecuniário às tarefas desempenhadas/atribuídas pela mulher e com finalização de que por ter tudo aquilo gratuitamente o marido deve valorizar a sua esposa.
Vejo postagens "bandido bom é bandido morto" de pai de playboy que violenta a namorada ou do próprio individuo que bateu em todas as esposas que teve, vejo, inclusive, postagens pseudo-cultas de gente pseudo-inteligente que desmerece os outros.
Vejo postagens estilo "se homossexualismo fosse certo Deus teria criado Adão e Ivo" e outras que dizem que a união homoafetiva, assim como a adoção por casais gays, são ataques à “família”, escritas pelo cara infiel, que flerta com qualquer mulher que lhe atrai e que “bate ponto” no puteiro.
Isso sem contar das postagens “eu e meu amor” escritas pelo sujeito que semana passada estava dando em cima de você, do cidadão que você viu que está no Tinder e que é um sacana descarado.
Enfim, a lista não para! Todavia eu nunca comentei essas postagens com o que penso ao lê-las (algo como: "Que ideia escrota!"), porque sei que quem as escreveu o faz (ou deve fazê-lo) para seus afins ou “iludidos” se identificarem não para "converter" alguém ou para ser "unânime" no sentido de a todos agradar!
Logo, em que pese eu escreva mais do que a maioria por ter um blog e ser inspiradíssima, fato é que não posto nada para ser ovacionada ou para persuadir o mundo a pensar como eu! Tudo, absolutamente tudo o que posto é, via de regra, sem razão explicável e, também, para os que pensam semelhante a mim não se sentirem tão sozinhos no mundo!
E, assim fiz amizades com pessoas que considero geniais, perdi a admiração de outros que eu gostava e a vida segue! Agora, críticas destrutivas a postagens alheias são desnecessárias, porque aqui ninguém está tentando convencer ninguém. Curte e comenta quem concorda e se identifica, porque nenhum comentário em post irá dissuadir o seu "autor".
Poste, pense, viva e deixe postar, pensar e viver! Ainda que você ache a postagem e o pensamento alheio abjetos, respeite-os! Ou... Ou... Ou deixe de "seguir"! Será como se o sujeito morresse virtualmente! (Bemmmm legal!).  
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 25 de novembro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário