Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

domingo, 31 de janeiro de 2016

E o machismo? Sempre diminuindo a racionalidade masculina e o valor feminino!


E o machismo? Sempre diminuindo a racionalidade masculina e o valor feminino!

Posso enumerar alguns prejuízos morais que a criação machista nos causa! Sabe a história de criar "bodes" que irão pegar as "cabras" (filhas do amigo)? Bem, termo absurdamente estupido e grotesco a parte, o machismo desumaniza o ser humano homem. Esse lance de dizer que "homens traem e transam por instinto" é o mesmo que dizer que homens são incapazes de usar o cérebro quando o pênis endurece, ou seja, são jegues (porém, raramente tão "bem-dotados" quanto um)! Só que não são.
Se há instinto, estes existem para serem superados ou o indivíduo não deve ser chamado de racional, certo?! Os meninos são criados para traçarem geral, para distinguir sexo de amor e para se acharem mais homens de acordo com o número de parceiras, (ainda que não as satisfaçam com o mesmo talento com que massageiam seu ego).
Mulheres não são criadas assim e é por isso que a infidelidade feminina "choca" e surpreende mais do que a masculina, como se fosse "mais" imoral. As mulheres não são criadas para transar com qualquer um que lhes assedia para confirmarem seu gênero "feminino". Os homens, em sua maioria, são!
E, então, surgem homens que dizem amar as esposas, mas que dizem que "sexo é sexo" sendo com a "amada" ou com qualquer outra! Sim, isto existe! Logo, se a esposa está com algum problema, ocupada, e a frequência sexual diminui, o sujeito acha plenamente "explicável" transar com outras!
Mais, o machismo latente na sociedade é tanto que quem levará a "culpa" pelo chifre tomado será a própria traída! Tipo, por não ter dado "conta" do homem, digo, do animal, que ela tem em casa. E não é! Respeitar é o mínimo que deve existir numa relação. Todavia, existem aqueles homens cujo machismo rebaixou a sua inteligência emocional à nada. Ou seja, o cara é o "macho pegador", mas tem a afetividade e inteligência emocional típicas de um boçal.
Outra pérola da criação machista é a de que "homens não choram". Homens são pessoas, possuem sentimentos e choram sim. Não precisam ser admirados pela coragem de chorar e nem se explicar por uma reação química do organismo que indicia o sentimento de emoções fortes. Existem diferenças genéticas entre homens e mulheres, o resto é balela da criação machista que temos.
Sim, praticamente todos tivemos uma criação machista e que diferencia "coisa de menino" de "coisa de menina". Fato é que existem atos corretos e atos incorretos. Fato é que a criação e educação das crianças deveria se circunscrever ao "não faça ao outro o que você não quer que ele lhe faça!". E, assim, os futuros adultos não iriam encarar de forma diferente a imoralidade da infidelidade, por exemplo!
Há o dever de respeito e, portanto, homens infiéis agem de forma nojenta e mulheres também, afinal sempre há uma solução, ainda que seja o afastamento. Ele é mais nobre. Tudo o que as pessoas fazem e que não gostariam de serem vítimas é errado e isso independe do seu sexo! Portanto, crie seus filhos, meninas e meninos, para serem respeitosos e bons, não para serem seres levianos que justificam suas falhas como "instintivas". Afinal, instinto é coisa de animais irracionais, não de gente!
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 1º de fevereiro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário