Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Os psicopatas e suas táticas de crescimento profissional.

Os psicopatas e suas táticas de crescimento profissional.

Como um psicopata chega ao cargo de CEO ou algo afim em grandes empresas? Porque eles sondam o ambiente! Eles usam sua astucia para desumanizar as pessoas: para eles, não existe colega, amigo ou subalterno competente bem valorizado quando eles pressentem concorrência, quando eles pressentem que podem perder força ou espaço.
Eles descobrem os bons concorrentes e, ao invés de lhes enaltecer, verificado o seu talento, eles tentam boicotar, sabotar a imagem e até a autoestima do outro para não ter seu plano de vitória e crescimento frustrado. Inclusive, e na medida do que lhes é possível, eles elevam apenas os que não tem o seu brilho, o seu carisma, a sua graça, porque lhes é melhor elevar o fraco do que o forte e, na sua visão egoísta e fria, “inimigo”.
Eliminando ou diminuindo os que tem carisma, brilho e talento eles creem que jamais terão aquele que pode lhe superar concorrendo realmente com ele. Jamais correrão o risco de serem ofuscados! Um sociopata que se preze é narcisista! Tem a necessidade básica de ser "o melhor" e, para tanto, sabota qualquer um que lhe pareça forte, inteligente e bom e que, na sua mente gélida e doentia, possa lhe superar e “vencer”.
A frieza, a ambição, o narcisismo e a falsidade são o arrimo destas mentes. É o que lhes faz crescer e obter sucesso e fama em seus empreendimentos. Portanto, cuidado na hora de taxar alguém como "gênio", seguidamente ele é só uma personalidade cruel, calculista e que sabe elevar os fracos e diminuir os fortes, para que, assim, continue forte.
E, sobretudo, sabe conquistar quem está acima deles numa corporação. É básico: a falsidade é elementar ao crescimento profissional e financeiro de um sociopata e ele usa as suas mil faces com talento e sem culpa para ter para si abertas as portas de vindouras oportunidades!
Sucesso financeiro e profissional, seguidamente, tem mais a ver com ausência de empatia, de caráter e com oportunismo, e não com talento ou real inteligência. Quem não sabe disso, ainda não está preparado para a vida!


Cláudia de Marchi
Sorriso/MT, 28 de janeiro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário