Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Das mentiras que se contam...E das pesquisas idiotas que são feitas.

Das mentiras que se contam...E das pesquisas idiotas que são feitas.

Vamos falar de pênis! Sim, do órgão sexual masculino, aquele para o qual se dá inúmeros apelidos, ao meu ver, um mais indigno que o outro. “Pinto”, cara, quer coisa mais insignificante que um pinto? Nem galo o bicho é! “Bilau”? Nome de brinquedo de criança. “Tico”? Quer algo mais diminutivo? Ah, não né!?
Com raras exceções, os apelidos popularmente dados ao órgão sexual masculino tem a intenção de “amenizar” eventual decepção e causar surpresa. Você espera um “pinto” e vê algo semelhante a um galinho em crescimento: Uau! Menos mal, não? Pois bem, aqui o negócio será chamado de pênis.
Ah vá!
Enfim, alguns cientistas australianos realizaram uma pesquisa e verificaram que... Tamanho é importante para as mulheres! Cá entre nós,  pesquisa extremamente desnecessária... Se a mulherada não mentisse pacas!
Esses "brocardos" toscos tipo "dinheiro não trás felicidade" e "tamanho não é documento" foram inventados por homens não abastados: financeira e fisicamente! E é propagado por mulheres cegas de paixão ou de necessidade financeira, afinal os homens costumam compensar a "pobreza" física com a riqueza financeira.
Ego né?! Homens e sua infinita necessidade de compensação “egocêntrica”! Cara morre trabalhando, fica rico, mas vai continuar com o órgão sexual defasado! Triste realidade né!? Nessas horas que eu acho ótimo ser mulher e não ser tão apegada ao ego e nem ter a auto estima defasada por ter um órgão sexual ínfimo ou praticamente ínfimo.
 Dinheiro não trás felicidade? Pode ser, se a pessoa for tão ignorante que não saiba gastar, viver ou se cercar de quem valha à pena, porque de resto, grana é bom demais! A da gente, é claro! E quanto a tamanho? Fica bem melhor se souber usar. Assim como o dinheiro! 
Não adianta coisa alguma ter um pênis grande e não ter tesão para usá-lo com talento, ser meio morninho. Assim como não adianta ter grana e não saber o que fazer com ela, não ter inteligência para gasta-la, angariar cultura, crescer, aprender!
Agora, ficar com macho endinheirado e desabastado fisicamente é lamentável! Ou com o sujeito bem dotado e frio! Éca...Mas, se os homens não sabem (ainda) se existe um bicho que manipula por interesse, ele se chama mulher!
 Por interesse a mulherada fica passiva, aguenta desaforo, sexo ruim, pinto pequeno, mas sobrevive da grana do sujeito que, o que tem de melhor, não raras vezes, é o bolso. Quer saber? Cada homem tem a mulher que merece. Em todos os aspectos. O que seria dos toscos de pênis pequeno ou “pouco manejado” se não fossem as mulheres sem amor próprio? Há razão pra tudo nesta vida. Mas não seria nada mal se não se propagassem mentiras toscas pelo mundo, essa pesquisa esdrúxula, por exemplo, não seria feita.

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 27 de outubro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário