Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Do machismo à pedofilia.

Do machismo à pedofilia.

Vamos falar de pedofilia! Não, vamos falar de machismo. Você já reparou o quanto de “falocentrismo” existe por trás de algumas fantasias originariamente masculinas? Sexo com duas mulheres, por exemplo!
Oito em cada 10 homens não satisfazem plenamente uma mulher, então eu pergunto, o que esses asnos fariam com duas? Vê-las transar? Talvez, porque anatomicamente quem sente prazer de várias formas é a mulher, afinal o homem hetero teima em não assumir que seu ponto “G” se localize na cavidade anal.
O bicho homem se baseia demais em seu ego e passa a vida lutando a favor da robustez do mesmo. O cara de pênis pequeno, frequentemente, trabalha de todas as formas para ostentar alguma forma de poder, acha extensões penianas mundo a fora para, nelas centrar sua autoestima. O homem bem dotado, não raras vezes se torna relaxado, porque acha que está “feito” na vida, e assim por diante!
Ego, ego, ego! Se existem exceções? Claro, mas estou aqui falando da regra, com o perdão de quem (benzadeus!) nela não se enquadra. Pois bem, existem várias frases incutidas no pensamento popular que favorecem o machismo: “Mulheres amadurecem mais cedo”, por exemplo!
Por conta dessa frase eu tive vários namorados mais velhos do que eu. Nenhum era maduro, no entanto conheço rapazes jovens mais maduros do que muito cinquentão por aí! Mulheres são mais cobradas, não são programadas geneticamente para serem mais maduras, são mais exigidas e é por isso que, às vezes, amadurecem antes. Homens tem a fantasia sexual da colegial!
Vá a um sex shop de qualidade e lá estará ela: saia, blusinha, meia longa e por aí a fora. Isso, por acaso, não se liga ao ego? A necessidade de, no campo imaginário, estar se “apossando” de uma moça inexperiente, delicada e que vai fazer reverencia ao seu “super” falo (por mais “mini” que seja). Sim, essa fantasia se liga ao ego masculino.
Então, partimos daí à pedofilia que, inúmeras vezes, tem a ver com a necessidade de se auto afirmar, de ser o primeiro afinal, cá entre nós, dizem que o primeiro não se esquece. E sim, não se esquece, inclusive por ser ruim!
Mas, vamos lá, hoje em dia, do alto de meus trinta e poucos, eu vejo algo no mundo e falo com cátedra: homens com predileção às mulheres inexperientes são sexualmente incompetentes. Talvez, intelectual, inclusive, mas o mundo está cheio de homens sexualmente hábeis e intelectualmente frustrantes.
O machismo faz os homens burros temerem mulheres inteligentes e experientes. O ego defasado do bicho macho direciona os homens às jovens moças, àquelas que, ao menos pela logica, são menos vividas, menos experientes e, portanto, mais fácil de agradar e de lhes agradar sem nada pedir- o que é outra característica do pedófilo: “Ela não sabe nada, ela não vai exigir nada e eu serei poderoso”.
Sim, meus amigos, não é à toa que a pedofilia costuma ter autores homens, porque as mulheres, em sua maioria, não possuem o ego como foco e não precisam massageá-lo. Nós não procuramos parceiros mais jovens para mostrar para as amigas que somos “poderosas”, a maioria de nós, ao menos, não gosta de ensinar homem na cama e, tampouco, queremos sexo “unilateral”. Isso por quê? Porque a sociedade cria, desde a infância, meninas e meninos de formas diferentes.
Então, infelizmente, essa coisa de pedofilia, que veio à tona nessa semana com as manifestações em face da menina Valentina, tem sim a ver com o machismo e isso, precisa, urgentemente ser mudado.
Pedófilos não são monstros, não são demônios, não são porcos, não são doentes, são homens com sérios problemas de ego, um pouco além dos que a maioria possui, mas são homens e eles estão aí, assediando a sua filha, sua irmã e quiçá já tenham assediado a sua mãe.
Aliás, quiçá habite um pouco em você que tem fantasias sexuais com a mulher vestida de forma pueril, para que, então, você se sinta forte, poderoso, experiente e sexualmente superior. Revise sua mente e seus conceitos, está na hora de mudar a sociedade e isso não ocorrerá sem a sua mudança.
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 23 de outubro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário