Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

terça-feira, 30 de junho de 2015

Carta aberta à “galera da cultura avantajada”!


Carta aberta à “galera da cultura avantajada”!

As pessoas são estranhas! Agora eu estou sendo alvo de comentários como: "Nossa, você tão culta defendendo o cantor falecido!", "Nossa, você a favor da liberdade de expressão contra o Zeca Camargo!", "Justo você que tem um gosto musical refinado!". Arre, filho, por que você não morre pra ganhar flor?
 Volto a dizer: se eu critico entre amigos os programas televisivos, a música da atual geração, a cultura brasileira- eu o faço entre amigos que pensam como eu!!! O jornalista se manifestou pessoalmente contra um gênero musical que causa comoção nacional! Num momento de comoção!
Se eu discordo dele totalmente?! Claro que não, eu discordo do momento, do meio e da forma arrogante com que impôs o seu pensar num ato desesperado para chamar a atenção! E chamou, atingiu o rim de alguns e o coração de outros! Foi inoportuno!
Fala errada no momento errado, porque, meu amigo, em que pese minha sinceridade cortante nas redes sociais, blog, trabalho e amizades uma coisa minhas décadas de vida me ensinaram: há hora e momento para tudo, ele usou a hora errada e feriu a cultura alheia. Da maioria brasileira!
"Ah, então você acha que a tua cultura é melhor que a dos outros também?", não, mas sei que é diferente e é por isso que sou seletiva nas amizades e nas relações, para não magoar e ser magoada! Meus pais me ensinaram a conviver com quem tem a mesma forma de ver o mundo que eu, mas eu respeito o luto alheio e não vou falar mal da cultura dos fãs enlutados.
Eu não curtia nem o "rei do Pop" e nem por isso ia publicar em rede nacional uma critica a cultura dos seus fãs na época do alvoroço da sua morte "misteriosa"! Bom senso, respeito e comedimento verbal é a eles que eu me refiro nos textos passados sobre o assunto!
E, agora, uma pergunta: O Zezé Di Camargo, meu único ídolo sertanejo fez o que com o jogador vaidoso, Cristiano Ronaldo? Ou seja: Me esqueçam galera da cultura avantajada! E sim, eu continuo com meus gostos literários, cinematográficos e musicais de sempre! Mas com bom senso, always!
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 30 de junho de 2015. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário