Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quinta-feira, 11 de junho de 2015

“Pseudos” e sós.

“Pseudos” e sós.

Não basta ser paupérrimo, tem que ser arrogante e orgulhoso! Sim, não basta! Assim como não basta ser "pseudo" qualquer coisa (fino, inteligente, culto, forte, sábio, bem resolvido) tem que ser antipático, cheio de si (da porcaria que tem em si, frise-se) e arrogante! Tem que transparecer o que não é, na conduta, no intelecto, no trabalho, na alegria, na conquista. Eu gosto de pessoas que são, não de quem faz de conta que é!
Gosto de gente que se ama no espelho, nos pensamentos, no trabalho, na cama e no amor, gente que finge que se ama carrega em si um "não sei o que" de amargura, de frustração e de inferioridade, justamente porque se preocupa com a sua imagem perante os demais, justamente por ser "pseudo qualquer coisa de admirável".
Vestem a máscara da segurança e da superioridade e seguem suas vidas mostrando-se, na verdade, inseguros, inferiores, amargos, solitários e infelizes. Pessoas boas e bem resolvidas a gente reconhece pelo brilho nos olhos, pelo sorriso, pela espontaneidade altiva, pelo senso de humor educado, pela ternura e humildade com que vive e trata aos demais.
Pessoas sábias e inteligentes a gente reconhece pela humildade com que falam e, até, instruem e ensinam quem a elas se socorre. Gente segura de si vive de bem com a vida sem se importar em parecer o que não é, sem se importar em parecer aos outros elegante, contido ou esperto, pura e simplesmente, porque se ama como é e não depende da opinião alheia para se sentir bem, mas nem por tal razão menospreza aos diferentes em educação, cultura, finanças e atitudes.
Gente feliz vive e deixa viver sem ter como mote ser expectador e juiz da vida alheia, enquanto se remói em solidão e arrogância. Até penso que, dignas de pena, esses seres são os que mais precisam de afeto e atenção, todavia são as que mais os repelem. É a vida e a lei do retorno: só se recebe dela aquilo que a ela se dá.

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 12 de junho de 2015. 

Um comentário:

  1. Parabéns pela postagem Cláudia

    Como Leonardo da Vinci citou...
    "A Simplicidade é o último grau da Sofisticação."
    Gente Feliz e Bem Resolvida... é Simples.

    ResponderExcluir