Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Falsidade: o pior defeito humano.

Falsidade: o pior defeito humano.

Algumas pessoas deveriam ter um selo “Bino” de cilada na cara! Desde sempre eu gostei de gente que tem cara do que é! Exemplo: falso com cara de falso, caloteiro com cara de caloteiro, "piriguete" com cara de "piriguete", "tarado" (leia-se: sujeito comprometido que flerta com outras ou imbecil que acha que chamar desconhecida de "delicia" é elogioso) com cara de "tarado" e bandido com cara de bandido.
eu escrevo "cara", entenda no sentido amplo, ok?! Refiro-me ao jeito de agir, a conduta! Aquele povinho que fala manso, que vai a toda missa dominical, que faz altos discursos contra a ganância, a ambição desmedida e etc., às vezes me assusta!
E, sabe por que assusta? Porque são falsos, porque usam máscara e de quem anda mascarado você pode esperar tudo, as piores traições, os mais abjetos atos! A vida me ensinou a criar apreço por quem, mesmo que me desagrade, é sincero!
Eu desconfio de gente que faz de conta que é perfeita, porque se preocupa em demasia com o que os outros irão pensar! Detesto esse tipo escroto de gente que declara amor por SMS e em redes sociais e sai flertando com quem aparece a sua frente, vai a encontro de casais da igreja na sexta-feira e na segunda-feira está dando em cima da funcionária.
Tenho asco de gente que gosta de pintar filminho bonito, não bebe, não fala palavrão e pelo que conta de si é quase "santa"! Ninguém é santo e a vida me ensinou que o pior tipo de ser humano errante e pecador é o que tem como objetivo ser socialmente "canonizado".
Todos nós erramos, todos temos nossas falhas, nossas faltas, nossos exageros, nossas mancadas, nossa reincidência nelas, assim como o cometimento de novos erros. Todo mundo erra e é imperfeito, mas o defeito mais abjeto de todos é, sem duvida, a falsidade.
Aa falsidade faz com que o errado pareça correto, o traidor pareça leal, o desleal pareça confiável, o desonesto pareça honesto e a vagabunda pareça santa. Ou seja, espera-se tudo de ruim de uma pessoa que é tão baixa, tão vil e tão defeituosa que tem a habilidade de mascarar a própria personalidade e essência.
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 06 de agosto de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário