Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

sábado, 5 de março de 2016

Mudei e continuarei mudando, não tenho compromisso com a ignorância!

Mudei e continuarei mudando, não tenho compromisso com a ignorância!

"Nossa, como você mudou de postura e de pensamentos!", ando ouvindo com muita frequência ultimamente! Mas, claro que mudei gente, eu não tenho compromisso com a imbecilidade ou com a ignorância, ainda que sejam "minhas". Mudei e continuarei mudando, porque viver sem aprender, estudar e crescer não é vida pra mim, é estado vegetativo!
Minha visão a respeito da politica brasileira e todos os seus meandros veio evoluindo mundo ao longo dos anos. Não me conformo com o Brasil e a excessiva ingerência do Estado no corpo feminino, o Brasil e a bancada psicopata, digo, evangélica, o Brasil e seu povo manipulado que não sabe a que se prestam os Direitos Humanos, o Brasil e seus bolsominions irracionais.
Não tolero mais o Brasil e o machismo, o Brasil e o menosprezo a mulher e as suas vontades, o Brasil e o mito da laicidade estatal, o Brasil e a vergonha que causa a quem estuda, pensa e se informa. O Brasil vem passando vergonha internacionalmente tanto pela involução dos direitos das mulheres, notória na existência de um “estatuto do nascituro” e manutenção da criminalização do aborto, como por um Judiciário que age ilegalmente como constata-se no fiasco da condução coercitiva do ex-presidente Lula que se deu ao término desta semana!
Todo esse circo armado não se trata de anticorrupção. Se trata de ser oposição, de ser anti-PT, só isso. Aécio, FHC, e demais tucanos foram delatados, mas não são investigados e desmoralizados pela mídia. Ah, meu caro, não, eu não sou petista ou o que for, eu só tenho senso crítico e não tenho minhas opiniões moldadas pela Rede Globo. De toda forma, esta sexta-feira foi um dia feliz para os acéfalos que não entendem nada de processo criminal, justiça e influência midiática.
Enfim, em 11 anos de advocacia que posso somar aos 5 anos de faculdade, ou seja, em 16 anos de estudos jurídicos, eu nunca vi ou ouvi falar de condução coercitiva sem, no mínimo, 3 intimações não atendidas! Ah, mas minha experiência ou a de pessoa alguma significa nada no Projac do processo do Serginho, o ídolo da extrema direita narcisista!
Desde ontem eu, timidamente, sou obrigada a agradecer ao Moro, à Rede Globo, ao "processo espetáculo", ao Judiciário interesseiro, ao nosso Judiciário de direita, sem noção e sem respeito ao processo penal, da mesma forma que me obrigo a agradecer à imprensa que menospreza a minha inteligência por terem me feito, depois de de anos, a ouvir uma entrevista inteira do Lula e, ainda, a compartilhá-la no Facebook como se eu fosse o que deixei de ser há anos: petista!
Enfim, obrigada elite, por me fazer retroceder aos meus tempos de esquerda e a ter, possivelmente, um candidato para apoiar em 2018! Sinceramente? Vocês são ridículos e farão os intelectuais tornarem a apoiar a esquerda na qual, há muito tempo eu não incluía o PT, mas, agora, estou sendo obrigada a fazê-lo, porque ainda tenho senso critico e independência de opiniões.  
Cláudia de Marchi

Nenhum comentário:

Postar um comentário