Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

domingo, 13 de março de 2016

O feminismo não se define pela quantidade com que a mulher transa!

O feminismo não se define pela quantidade com que a mulher transa!

Acho o ápice da imbecilidade o papo dos "feministos " que diz que nós temos o direito e o dever de transar com quem bem quisemos ou com que bem nos queira! Feministas novinhas ou imaturas, porém antenadas: não caiam nessa!
O número de parceiros sexuais que você terá não modifica a sua ideologia, até porque você não é daqueles broxantes idiotas que precisam anotar num caderno o número de mulheres com as quais transou ou, em sua vã é catastrófica analogia, "comeu".
Seletividade é atributo de almas inteligentes, porém nem todo macho a tem, então não os use como exemplo, ok?! Daí, porém, chega a mim uma companheira feminista meio atrapalhada das ideias e diz: "Ah, queremos igualdade, se eles podem transar com qualquer uma, é um direito nisso também"! Fia, claro que é, você pode ser hetero, gay, bissexual, assexual, ter furor uterino, ser ninfo ou que for!
Mas se for pra transar que haja seletividade intelectual né?! Machistas convencidos broxam, se não na primeira, nas demais vocês! Ter amor próprio sempre é legal! Feminismo não é competição de quem transa mais! Ademais, darling, tá valendo a pena fazer as unhas, se maquiar, usar um sapato caríssimo, bolsa de marca e roupa elegante para ir a um encontro, ouvir engodos e mimimi de macho arrogante.
E, no mesmo ou nos próximos encontros, gastar com depilação e lingerie para descobrir que o cara fala mal da ex, fala bolsomito, não presta nem para um oral, vomita narcisismo, e acha que dinheiro compra inteligência? Não vale minha amiga! Se você for uma linda e inteligente feminista está na hora de aderir ao celibato, aprender técnicas deliciosas de masturbação, comprar um "consolo", ler mais e eventualmente dar uns beijinhos, porque machista tarado e falador algum merece ver a sua "pepeka"! E sim, isso incluir "nudes" por WhatsApp! (Coisa mais ridícula!). É mais digno cobrar pra transar do que se doar ou se expor pra qualquer cabra acéfalo, fascista e machista de graça!
Todavia, se você estiver a fim de ser bem cachorra com algum homem cachorro, tenho uma dica comercial-capitalista-"master", em especial para a mulherada liberal, porém inteligente, que sai à caça na night usar com homem machista (quanto maior o machismo, maior a burrice emocional do cabra): super valorize a si mesma e iluda ao "consumidor" de que ele é um afortunado e privilegiado por ter acesso a um "produto" de raríssimo valor!
Os machistas geralmente são fáceis de manipular, de forma que, entre atitudes e mensagens subliminares reportando a sua raridade quase "virginal" enquanto mulher e a quão "único", "gostoso" e "especial" ele é pra você (sim, pode seduzir com mentirinha, machistas adoram massagem no ego e são tolinhos, caem fáciiiiiiiiillll, fáciiiiiiiiiiiiiiillllllll!), o macho se apaixona e/ou você se torna a "amante inesquecível"! Mulheres, na boa, aprendam, ser cafajeste com homem traste é fácil! Todavia, não esqueçam que esta diquinha sádica-esperta da Claudinha deve ser usada excepcionalmente e com moderação, pois nem todo homem é um idiota metido a pegador! Logo, só a use se você estiver a fim de sexo e o cara que lhe apareceu é um escroto ego frágil, porém fácil de inflar! 

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 13 de março de 2015. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário