Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

domingo, 24 de maio de 2015

Escondendo a poeira.


Escondendo a poeira. 

Acho algumas pessoas estranhas, na verdade, elas me causam uma espécie de desconfiança e temor. São essas que não falam de si, que não se abrem, que são fechadas, mas que falam dos outros, da vida e das dores alheias.
Eu sou da opinião de que falar alivia dores emocionais, contribui para nosso autoconhecimento e evolução. Mas falar de si, trocar experiências com humildade, revelar-se, obviamente, a quem merece sua confiança.
Por que falar das dores alheias, da vida alheia e do que se passa com quem não tem nada a ver com a sua vida se é possível compartilhar ideias e vivências? Falar e ouvir o outro? Eu acho isso muito mais digno do que sentar-se ao redor de uma mesa e falar mal da vida alheia.
O que você viveu ou vive não é motivo para ter vergonha, para esconder. Você deve ter vergonha, isto sim, de se esconder atrás de uma pretensa perfeição e usar seu tempo criticando os outros.
Aliás, nada indicia mais a ausência de boa resolução da pessoa consigo mesma do que esta mania infame de criticar, de apedrejar, de ser analista e julgadora da vida alheia enquanto guarda a poeira dos seus problemas, dos seus recalques e de suas histórias embaixo do tapete da “excelência” e perfeição.
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 24 de maio de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário