Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Bichos misteriosos.


Bichos misteriosos.

Li uma reportagem na qual uma advogada perdeu uma pretensa cliente porque, ao entrar em seu perfil no facebook, viu a profissional de biquíni e em fotos fazendo “biquinho”. Não nego, acho “biquinho” de última categoria sim, mas posto foto de biquíni sim.
Acho estranho, porque advogado homem postar foto na praia, sem camisa e bebendo com os amigos não é "tão" feio né, porque ele é homem. Se estiver na balada com um copo de vodca na mão e cercado de mulherada, então, o “doutor é pegador”.
Acho esse pensamento de um machismo idiota e incabível. O fato de a mulher ser bonita (deduzo, né, porque quem se acha feia de corpo não posta foto de biquíni ou, ao menos, não deveria postar), não a faz mais ou menos competente.
Ah, mas mulheres são bichos misteriosos né!? Confesso que nem eu as entendo bem. Ou seja, segundo a noticia, tratou-se da desistência de uma pretensa cliente e não de um pretenso cliente, homem, enfim.
Sinceramente, meu amigo se o machismo existe é muito mais por causa da própria mulherada que, podendo, acha uma brecha para desqualificar moralmente a outra e "pagar de santa" para os desavisados, numa fã tentativa de afetar a moral da "concorrência".
Mulheres costumam falar mal da amiga extrovertida, espalhar para o marido e amigos que uma conhecida ficou com um cara desconhecido, criticar a postura mais segura de algumas, não poupando adjetivos vulgares: “assanhada”, “saliente”, “louca” e assim por diante.
Daí se a amiga bebe e dança até cansar, não pode ser uma profissional séria, se sai de noite, se troca de namorado, não pode ser uma mulher de “família”, mesmo que quem a critique seja do tipo que assiste vídeo pornô no whatssap e compartilha foto de homem sarado, porque não tem tesão mais no marido. Mesmo que seja a infame que fica casada por conforto, não por amor. Tudo o que ocorre passa a ser depreciado, justamente com comentários mais machistas e difamantes do que os oriundos de qualquer homem. Homens são mais leais uns aos outros e à própria realidade, mulheres curtem invenções. Vis invenções acerca da outra para denegri-lá. 
A falsidade que circunda o universo feminino dá vasão a esse machismo idiota. Nada ofende mais uma mulher frustrada do que a inteligência, a segurança e o amor próprio da amiga ou conhecida. Se ela for bonita, então, a própria existência da moça será um "tapa" na cara de muitas. Daí para diante, qualquer pequeno fato justifica criticas vãs e desnecessárias, feitas, comumente nas costas da outra.
Quanto ao assunto, enfim, ainda bem que meus clientes e alunos sabem que eu não penso com o corpinho que mamãe e papai me deram, sei lá, eles tem inteligência suficiente para saber que o cérebro está dentro da minha cabecinha de cabelos curtos e ideias longas.
Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 23 de fevereiro de 2015. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário