Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Ciúme tolo! Tolo ciúme!

Ciúme tolo! Tolo ciúme!

Então meu povo, eu gosto de ler, gosto de filosofia, psicologia, história, filosofia, sociologia e por aí adiante. Mas sim, eu acesso umas coisas superficiais às vezes na internet! Por curiosidade, sou humana! Não sou “nerd” nem “pseudointelectual”, não ergo bandeira de “tribo” nenhuma e, justamente por isso, não temo ser taxada de fútil ou ter minha inteligência menosprezada.
Pois bem, minha mãe me contou nos últimos dias que o marido da linda Paolla Oliveira não aguentou o “tirão” e quis se separar após a Srta. Bond. Hoje, pela manha, meio sem querer e dormindo, li que a mulher do insosso do ator de “Cinquenta tons de cinza” ficou com ciúmes da insossa da atriz e quer que ele não participe da trilogia.
Li também que tudo isso podia ser boato, mas, pelo dito e pelo não dito, tenho algo a dizer! E, como o blog e rede social são meus: eu digo! Gente, que falta de confiança no próprio taco!? Se minha esposa tivesse a bunda mais comentada do Brasil, interpretando um papel “borderline” e intenso, eu ia é ter orgulho!
Se meu marido fosse um cara desprovido de sex appeal que estreou o filme interpretando o maior umidificador de calcinhas da mulherada nos últimos anos eu ia é ficar feliz! No primeiro caso: quem transa com ela toda noite (espero que seja, no mínimo toda noite!)? No segundo, quem é que faz sexo oral “no” cara e é intensamente (espero) bem acarinhada pelo “machinho da vez”?! Ah, gente, que lance idiota esse de ciúme!
Se eu não tenho ciúme? Tenho sim, se sou apaixonada, tenho, mas é aquele ciuminho meio módico, tipo, não curto que meu parceiro elogie outras na minha frente, sabe?! Odeio, na verdade! Eu curto muito a ilusão de que ele só tem olhos pra mim, mas eu elogio a beleza de outras mulheres na frente dele sem receio ou ciúme. Eu estou falando do mesmo sexo que o meu não do oposto! Não acho isso desrespeitoso e obviamente não dou à mínima se ele concordar.
Agora, ficar devaneando que o cara vai me trair só porque as outras olham pra ele? Só porque ele é desejado? Quer saber?! Eu tenho é orgulho! Pra que melhor do que dormir com uma pessoa desejável e bela e que, além de tudo, deseja e ama você?! E que, além de tudo, é sexualmente realizado por você e COM você?!
Gente! Isso dá é mais tesão, mais vontade! Sei lá, tipo aquela coisa felina: “Vou demarcar meu território!”. Tá não precisa urinar na perna do cara, mas lambuza-lo com outras coisas, tá valendo! E valendo muito! Oh meu povo, que nóia é essa?! Além do mais, no caso, trata-se de cônjuges de atores! O trabalho deles é interpretar e, creio eu, que quanto maior a verossimilhança melhor! A Paolla fez lipo nas coxas, nos quadris. Queria ela indesejável? Desproporcional? Só para não atrair milhares de olhares? Parabéns: além de egoísta, você é louco!
O outro lá era um ator que ia, no máximo, “de medíocre” a “ruim”, inexpressivo, para dizer o mínimo e, agora, finalmente fez “o papel” famosinho. Ah, e a mulher vai ter ciúme?! Cara manda a mulher passear e fazer analise e vai segurar o chicote comendo as “fetichistas” de plantão por ai, afinal, quer saber?! Quem não confia no seu próprio potencial e talento, não merece, sequer, ser amada.
Nada contra o ciúme! Quem é que curte quando o parceiro se torna amigo de uma desconhecida que tira foto seminua no espelho para postar no facebook? Ninguém, creio eu! Não só por ciúme, mas pelo gosto vulgar do parceiro (vai comprar uma revista de mulher pelada, meu filho!). Mas daí a ser casado e ter ciúme da admiração popular pela beleza e demais atrativos DO parceiro, é muita idiotice, muita insegurança inútil!
Ciúme você até pode ter quando QUEM está com você despertá-lo: tipo, o seu parceiro paquerar outra, e não quando ele for paquerado por esse “putedo” desesperado que tem por aí, cuja única dose de bom senso se resume em concordar que seu namorado ou marido é bonito!
Enfim, quando os outros sentirem atração por quem está com você, existe apenas a prova de um fato: o seu parceiro é gato! E gosta de você! Quer melhor? Vai achar um feio e indesejável então! Afinal, se você se valoriza tão pouco, realmente, não pode ter alguém de valor ao lado! Vai pegar um feioso ou procurar um terapeuta: é o que lhe resta, caro amigo doente!

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 27 de fevereiro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário