Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quinta-feira, 19 de março de 2015

Babilônia II.

Babilônia II.

Sobre esse povo que quer “boicotar” uma novela: seria medo de se render a malicia, a ganância desmedida, a inveja da vida alheia, ao homossexualismo e a outras coisas retratadas na trama? Ou o único grande problema é só o homossexualismo?
“A Rede Globo ‘contra’ as famílias”? Se você tem moral nada lhe afeta, se você é heterossexual beijo gay não lhe avilta! Não se você é hetero e bem resolvido, se você ama e é amado, se você tem orgasmos! Se você tem um marido com quem transar na hora da novela e ao chegar a sua casa!
Se você não ama ou não sabe amar você se implica com o que passa na televisão, embaixo dos edredons do BBB, com a vizinha do lado, na vida da colega de profissão, da professora ou da conhecida.
Se você não tem o que fazer e tem QI de ameba em coma, então a novela vai lhe ofender, então você vai querer "boicotar". Tudo isso, porque, no mínimo, além de não saber mudar de canal, você é crente, intransigente, desrespeitoso, egocêntrico e fanático.
Pronto, falei! E falo mais: já bloqueei um que publicou algo no facebook falando disso hoje. Não titubearei em fazer com outros, afinal, se tem uma coisa que eu "combato" é a hipocrisia e a intolerância em todos os seus aspectos, sobretudo a religiosa e sexual.
Viva e deixe viver! Ame e deixe amar! Assista o que gosta e deixe os outros assistirem o que querem! Foda e deixe foder! Beije e deixe beijar! Se divirta e deixe se divertir! Procure um psicólogo e deixe a vida dos outros, em suma!
Ninguém lhe obriga a assistir essa novela, ninguém lhe obriga a coisa nenhuma. Ao que vejo, só quem se coloca na obrigação de ser um fanático religioso e preconceituoso é você.
Traição, ganancia, putaria, homossexualismo, enfim, tudo o que as novelas retratam existem no mundo! Ela não está incentivando, está mostrando! É ficção e assiste quem quer. Se você não gosta, não assista, mas não queira restringir o direito alheio de fazer o que quer. Já pensou se ateus resolverem “boicotar” a sua fé? É desrespeito não é? Então mude de canal e cale a boca!

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 19 de março de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário