Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

terça-feira, 17 de março de 2015

Babilônia.

Babilônia.

Nossa, começou a tal novela “Babilônia” ontem e o beijo gay das “senhoras” chamou bastante a atenção, criou revolta, fez “nojinho”. Aí, meu senhor! A inveja de uma, a arrogância desmedida de outra, a beleza formidável da Sophie Charlotte não chamou causou alvoroço, ah, mas o beijo chamou!
Estamos em 2015, meu amigo! Chega de homofobia, isso não pode mais causar essa revolta. Um beijo gay não pode ser mais indignante do que maldade, do que malicia e do que lindeza explicita! Arre, que mundo é esse!
Se você não quer beijo gay, não beije mulheres. Se você não quer relacionamento com outro homem, não dê a bunda (se der, talvez “game”!). Simples! Você não é dono da boca e do corpo alheio.
“Ah, mas a Globo está tratando como normal o anormal!”. Anormal é esse seu pensamento estupido e asqueroso. A emissora, (não curto, nem assisto, mas neste caso me erijo em defesa) está tratando com normalidade o que vem sendo normal, mas a hipocrisia impede você de ver, impede, porque você não aceita o que não compreende, não tolera o diferente, não olha para o que não é “afim” com você.
Homossexual envelhece e, como qualquer pessoa, continua beijando! Continua transando. Se você não gosta, não fique com pessoas do mesmo sexo, simples! Daí a fazer um alarde e reclamar que a emissora faz “apologia” ao “anormal” é idiotia, é ignorância!
Para começar, a emissora passa novelas retratando desonestidade, traição, putaria, ambição desmedida, malicia de toda a espécie, pura e simplesmente, porque isso existe no mundo. Só que você, hipócrita “mor”, se sente aviltado quando a realidade que você ignora no seu dia a dia, chega até a sua casa por meio da televisão.
Ademais, quer saber?! Se, com tanto seriado legal passando no mesmo horário nos canais por assinatura, filmes, inclusive, locadora, livros e afins, você quer assistir novela, o problema é seu! Cale a boca e abra a cabeça! Obrigada.

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 17 de março de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário