Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

quinta-feira, 12 de março de 2015

Cansada de negativismo!

Cansada de negativismo!

Ando cansada de negativismo, de reclamações! Ao invés de agradecerem por poderem usufruir de algo, as pessoas reclamam de seu preço, ao invés de se enaltecerem pela possibilidade, elas reclamam do dispêndio. Não, não estou falando de politica, longe disso!
Eu sinto que, no dia a dia das pessoas, há mais reclamações do que rejubilo, mais lamentos do que agradecimentos, mais lamurias do que enaltecimento e eu acho isso tudo um saco! Que coisa triste, meu amigo! Triste isso de reclamar demais, se queixar demais e agradecer pouco! Achar pouca graça do bom e, assim, encontrar motivos para lastimar!
Gosto de ver o lado bom de absolutamente tudo, consigo achar algo de belo no visual até da pessoa mais brega do mundo! Eu gosto de ver o lado bom das coisas, porque ver o ruim não vai torna-lo bom, só vai azedar o meu ponto de vista e fazer do ruim algo ainda pior!
Sejamos objetivos! Simplifiquemos, não compliquemos! O que é bom é bom. Chega de colocar “mas” no que é agradável, gostoso e divertido. Chega de reclamar tanto enquanto seus problemas são meramente financeiros e existirem pessoas morrendo em filas de hospitais: sem dignidade, sem dinheiro e sem saúde!
Ando farta dessa mania humana de fazer tempestade em copo de agua, de não olhar para os lados, ando exausta desta insistência em não ter empatia, em não colocar-se no lugar do outro e olhar os seus problemas com lupa! Exagerando a sua importância.
Eu gosto do que é “pra cima”! Gosto do que é positivo. Quer saber, sinceramente? Se você não tem um elogio para fazer, se você não tem uma palavra de enaltecimento, uma frase doce e empolgante, não diga nada! Ninguém precisa de negativismo, de reclamações, do que é “para baixo”. O silêncio será ainda melhor.
A gente precisa do que eleva, do que alegra, do que agradece, do que se rejubila, do que encanta! Chega dessa coisa de lamentar, chega dessa coisa de contar trocados, de se queixar ao invés de elogiar. Francamente? Tenho vontade de fugir de perto de gente que reclama demais e elogia de “menos”. Arre, isso me cansa!

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 12 de março de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário