Sobre o verdadeiro pecado!

Sobre o verdadeiro pecado!
"O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida." Carl Sagan

domingo, 29 de março de 2015

Boas de cama.

Boas de cama.

Compartilhei no facebook uma reportagem que dá “7 dicas para saber se a mulher é boa de cama”. Junto com ela dei uma “novidade antiga”: não existe homem bom de cama filha, existe mulher boa de cama! Se a mulher for uma múmia, nem o “pica” das galáxias vai satisfazer. Se ela for boa, até um razoável satisfaz. Ou não, mas daí ela manda pastar.
Enfim, ser possível de ter orgasmo até com o cara “meia boca” de preliminares não significa que a mulher boa de cama não saiba diferenciar o medíocre do excelente, menos ainda que, mesmo satisfeita, ela não vá “pular” o sujeito razoavelzinho. Isso só significa que, na horizontal, quem domina os lençóis é a mulher. E, pelo visto, fora deles também. Frise que faço exceção aos homens com disfunção eréctil e problemas afins que prefiro nunca conhecer. Nem ficar sabendo!
A mulher tem no cérebro e entre as pernas aquilo que domina a sua felicidade sexual, afetiva e emocional, que frise-se não pode e nem deve depender só do homem. O cara é ruim? Não capricha nas preliminares? Salta fora!
Tipo, uma transa de “erro” passa, se a moça insiste a inapta é ela! O sexo e o prazer começam na mente. O problema é que tem muita mulher que não se conhece fisicamente e sai reclamando do homem! Se ela se conhece dá dicas, ensina, tem uma relação proveitosa ou deixa claro que o cara não lhe satisfez e manda se lascar, porque ser professora na cama deve ser o fim da picada! Literalmente.
Por outro lado, se a mulher é fria, homem quente não ajuda coisa nenhuma. Não tem língua que resolva. Se a mulher é quente, ela se anima sem muita coisa, não que ela não queira e saiba o que merece. Só que daí ela aproveita o pouco que existe de aproveitável e dispensa para encontrar quem dê a ela o valor sexual e afetivo que ela tem certeza que merece.
Uma mulher quente faz o cara normal render mais sexualmente, ter mais tesão, se inspirar, pensar ainda mais em sexo, ter mais desejo, mais vontade. Um homem se torna ainda melhor de pegada quando a mulher deixa claro que gosta da “coisa”, que deseja o corpo dele, que sente sede dele.
Agora, e o cara dedicado, fã de sexo e que pega aquela lady que tem vergonha até de chupar picolé em publico? Desanima filha! Sujeito vai desistir, porque esse tipo de mulher não gosta de fazer sexo oral e tem vergonha de receber, sei lá, nojinho, sabe?!
Sim, e se o nojentinho fraco é o homem e a mulher é a fogosa? Não vinga! Não se além de boa de cama a mulher for inteligente. Ela não vai insistir, mas homem já insiste na mulher fria, porque é mais machista e falocêntrico, de forma que pensa: “Ah, mas eu vou ensinar, ela vai mudar, afinal ela tem um par de peitos tão grande!”
Só que se a moça é do estilo que se satisfaz com uma por dia ou a cada dois dias ela não vai mudar, pode, talvez, fingir uns gemidos pra não ficar feio. E só! (Ego, sempre o inimigo numero 1 dos homens). Mulheres boas de cama nem pensam em insistir, ensinar ou “mudar” o cara sem pegada: experimenta e joga fora. Simples!
Mulheres machistas têm algumas pérolas, tipo: "Acho que ele não me ama, pois não me procura mais"? Cara, isso é o fim do mundo! Tipo, se esconde então! Porque é uma frase tão idiota que parece que está reclamando do desempenho do cara na brincadeira de "esconde, esconde"!
Aja filha, se você gosta de sexo, quer sexo, deixe nítidas as suas vontades e procure você! Se o cara não se habilitar ele é ruim ou não gosta mais de você, ou seja, separe, arranje outro! Tem mulher especialista em apojar em vaca morta, como diz minha mamãe! Enfim, a moral da reportagem é que homens inteligentes, antes de deixar o sangue irrigar as partes intimas usam o cérebro com dignidade para escolher a parceira e, depois de escolhida, fazem por merecer a “quentura” dela!

Cláudia de Marchi

Sorriso/MT, 30 de março de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário